.::: BLOG DO JOTINHA :::.

VISITANDO A SÉDE DA ASSOCIAÇÃO GARRA NO CANAÃ EM VARGINHA. E ELA PRECISA DE TODO O APOIO.

setembro 14th, 2019 · No Comments · Sem categoria

Visitei hoje a sede da Associação Garra que fica na pracinha central do bairro Canaã, onde existe uma pequena construção. Na verdade, fui levar minha esposa Marisa para ver se poderia comprar alguma coisa da Feira da Garra, uma exposição de roupas usadas para adultos e crianças, calçados, blusas, roupa de cachorrinho, roupa de castração, etc. No fim comprou algumas bijuterias para o Negão e a Kize, os cães da nossa família.

Aproveitei para bater um papo com a presidente da Associação Garra, Andréa Abrantes, que comemora o fato de finalmente sua instituição ter sido reconhecida uma Ong de Utilidade Pública Municipal.

 
A feira
 
A feira da Associação Garra é feita de doações de voluntários e compreende roupas de adulto e infantil, bijuterias, roupas de cães de castração além de outros objetos e utensílios.
 
– Essa feira é permanente. Quem quiser visitá-la e adquirir alguma coisa, pode vir que a sede onde estão expostos as roupas e objetos, fica sempre aberta em horário comercial. O dinheiro que arrecadamos aqui com a Feira é usado para comprar produtos de limpeza para a sede, café, sabão e sabonete para o banheiro, papel higiênico, guardanapo, bolacha, copo descartável, esse tipo e manutenção, inclusive lâmpadas queimadas, vassouras, rodos, etc. Ocasionalmente usamos o dinheiro arrecadado aqui (feira) para atender alguma família carente com cestas básicas.
 
Ajuda aos animais
 
Perguntei também à presidente Andréa de onde vêm os recursos para a entidade cuidar e proteger os animais. Ela me respondeu:
 
-Temos outra fonte de renda, esta destinada a atender os animais. Mas são recursos que recebemos de doadores, de rifas e de pequenos eventos que realizamos. Não recebemos nenhum recurso tanto da área municipal quanto estadual e federal. Tudo é conquistado na garra e na luta. Graças a Deus contamos com pessoas, instituições e empresas generosas que nos ajudam a ajudar os animais. E é exatamente este dinheiro suado, conquistado a duras penas, que usamos para cuidar deles.
 
Adquirimos ração para os animais que cuidamos e para os animais de defensores que criam os LT’s -lares temporários – para as Ongs e pessoas independentes que resgatam animais e não tem vacina. A gente doa além das vacinas, coleiras, antibióticos e vermífugos para combater carrapatos.
Ela acrescentou que não é só em Varginha não. Também Ong’s de Cruzília, Elói Mendes, Boa Esperança,Cambuquira e outras cidades se socorrem junto à Associação Garra.
 
– A gente ajuda mesmo, quando podemos. Agora mesmo enviamos duas caixas de medicamentos para Cambuquira e 150 doses de vacina para Boa Esperança.
 
No total, há 15 pessoas envolvidas com a Associação Garra. Todas trabalham de graça disponibilizando seu tempo dentro de um a escala que permite que a sede atenda a semana inteira.
 
Porque a opção pelos animais?
 
Para finalizar, perguntei à presidente Andrea Abrantes, porque esta opção e como surgiu a Ong.
 
– Eu trabalhava em São Paulo e sempre tive vontade de trabalhar com e pelos animais. Mas lá não dava. Eu tinha que acordar cedo e trabalhar retornando à noite para minha casa. Era cansativo e não sobrava tempo. Quando me aposentei, eu e meu marido resolvemos nos mudar para Varginha, pois ele é natural daqui. Mas viemos para cá para descansar, ter uma vida calma e tranquila.
 
Mas Andrea disse que não teve jeito. O amor pelos animais falou mais alto e ela se associou a um grupo chamado Defensores dos Animais de Varginha onde permaneceu por algum tempo. Após deixar esta entidade, seu filho lhe deu a sugestão de abrir uma página na Internet e convidar as pessoas a se engajarem na sua proposta de apoiar os animais.
 
– Era 2012 e eu nem sabia “mexer” com o computador e nem com Internet. Mas fui bisbilhotando até um dia entrar no Facebook e achar uma página chamada Garra me convidando para entrar. Foi quando meu filho me disse: – Mãe,é isso aí. É a tua cara esta página referindo-se à minha garra pelas coisas que gosto e faço.
 
Entrei e comecei a agir, e conhecer mais pessoas até que resolvi fundar a Associação Garra, institucionalizando nosso trabalho. Convidei pessoas que conhecia para entrarem na associação e as mais próximas convidei para administrarem a associação comigo. E assim estamos até hoje.

Tags:

No Comments so far ↓

There are no comments yet...Kick things off by filling out the form below.

Leave a Comment